domingo, 25 de junho de 2017

Baden-Baden - Floresta Negra e Águas Termais


Baden-Württemberg é uma das regiões mais famosas da Alemanha. 

Nela fica a Floresta Negra, e a rota romântica, levando casais apaixonados a visitar castelos e desfrutar de inúmeras paisagens maravilhosas.



Das várias lindas cidades, escolhemos Baden-Baden. A cidade é famosa por suas águas termais, mas também possui cassino, parque, deliciosos restaurantes, e muita história.




A região de  Baden-Baden foi habitada desde 80 d.C, por povos celtas, mas nos primeiros anos da era moderna, os romanos conheciam sua fama, justamente por causa das águas com propriedades terapêuticas - Marco Aurélio, Imperador Romano, era um dos mais assíduos frequentadores.

Não apenas de glória viveu Baden-Baden, sendo quase que totalmente destruída na Guerra da Sucessão, transformando-se, posteriormente, em um dos mais disputados destinos da Europa.



Há de se compreender! A pequena vila possui praças e jardins deixando o clima mais romântico e aprazível. Com tantos turistas, especialmente aristocratas, a cidade investiu em cultura e lazer.

O lindo e grandioso teatro foi construído em 1862, e possui sua própria companhia teatral.



Outra grande obra é o cassino, que permite a visita em algumas áreas, mas para participar da jogatina, apenas com traje passeio completo (até os dias atuais).



Bem em frente à praça do Teatro se inicia um passeio com um trenzinho, que percorre toda a cidade. Passeio gostoso, e que permite um breve descanso.



Andando pela cidade logo se deparará com um Parque que possui 3km (três quilômetros) e é considerado um dos mais lindos dentro das cidades. Ele foi planejado em 1665 e possui aproximadamente 300 (trezentas) árvores, aliando cultura, natureza e prazer.  No final do parque fica o clube de tênis mais antigo da Alemanha.



O Rio Oss nasce na Floresta Negra e passa pelo parque; nota-se que muito da cidade gira em torno deste enorme jardim.



Como já dito desde o início, as águas termais fizeram vários personagens se dirigirem à Baden-Baden, e pagar por este "luxo" é possível!

Originalmente tinham-se as ruínas de banhos romanos, com fontes de mais de 2000 anos. Hoje há duas Thermas: Friedrichsbad e as Thermes de Caracalla.



As Thermes de Caracalla foram inauguradas em 1985. A entrada custa 15, mas como não levamos toalha, precisamos pagar também por ela: pagamos 16 pela toalha, e com a devolução desta, há o reembolso de 10.



Há sauna, solarium, e as piscinas de águas termais. Para frequentar a sauna é imprescindível que esteja nu; nas piscinas, utilizam roupa de banho (biquini, maiô, sunga e short). Cada uma das piscinas possui uma temperatura diferente, com o tempo indicado para nela permanecer. A que mais gostei possuía temperatura de 38ºC, enquanto outras tinham 34ºC e 18ºC.

Um último passeio imperdível é subir o Furnicular (4) e ter uma vista sensacional de toda a cidade, e até da França. Amplo espaço para atividades ao ar livre, e um restaurante/café permitem aproveitar o tempo nas alturas. Para voltar, há duas linhas de ônibus, com o preço do ticket individual por 3,40. 




Não deixe de aproveitar o famoso bolo Floresta Negra, tradicional na região. Como sugestão, o Café König, bem no centro, e super charmoso. A fatia do bolo custou 3,80.




Se quiser uma lembrança muito especial, escolha seu relógio Cuco, afinal, Baden-Baden é a cidade criadora deste ícone.

Sugestão de hospedagem:
> Hotel Haus Reichert - super bem localizado, ótimo atendimento e preço justo.

Sugestão de restaurante: Löwenbräu - ótimo para aproveitar a culinária alemã.
Junto a este restaurante também há um hotel, mas não o conhecemos.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário